Sergio Moro defende venda de bens apreendidos pela União para investir recursos em Segurança Pública

0
526
Sergio Moro defende venda de bens apreendidos pela União para investir recursos em Segurança Pública
Sergio Moro defende venda de bens apreendidos pela União para investir recursos em Segurança Pública

O ministro Sergio Moro, responsável pela Justiça e Segurança Pública, informou ao Estado de São Paulo, que a venda de bens apreendidos pela União tera que agilizar, com a finalidade de uso de recursos oriundos de vendas no setor de Segurança Pública.

Ele disse: “Atualmente, há 50 mil bens à disposição da União, entre eles, 314 aeronaves. Vamos agilizar a venda desses bens e os recursos poderão ser investidos na segurança pública ou em políticas de prevenção. Não faz nenhum sentido deixar essa atividade relevante separada de outros braços da segurança pública, como a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal, como foi feito quando Justiça e Segurança eram separados”.

O ministro também explicou por que defende a associação dos ministérios da Justiça e da Segurança Pública: “Penso, com todo o respeito, que isso apenas enfraqueceria o combate à criminalidade, pois é necessário um ministério forte e na qual possam ser integrados os esforços das diferentes áreas envolvidas em Justiça e Segurança Pública”.

Moro ainda foi questionado sobre a escolha que fez, abrindo mão de pós-graduação, para ocupar o cargo de ministro, e se acredita que fez a escolha certa,e respondeu: “sim, é preciso consolidar os avanços anticorrupção da Operação Lava Jato em políticas mais gerais, o que só pode ser feito em Brasília, concomitantemente com políticas de redução de crimes violentos e de enfrentamento do crime organizado”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here