MP alega que Aécio Neves terá de devolver R$ 11 milhões aos cofres públicos

0
273
MP alega que Aécio Neves terá de devolver R$ 11 milhões aos cofres públicos
MP alega que Aécio Neves terá de devolver R$ 11 milhões aos cofres públicos

De acordo com o G1, neste sábado (24), o Ministério Público pediu à justiça para pedir a devolução de R$ 11 milhões para Aécio Neves. A acusação relata que Aécio teria comprado mais de um milhar de passagens aéreas para o seu próprio benefício, enquanto ele era o governador do Estado de Minas Gerais.
Em resposta à denúncia, a assessoria de Aécio publicou uma nota pública. Leia:

“O senador Aécio Neves considera incompreensível e incoerente, a expressão dos promotores do MP de Minas Gerais, questionando os voos feitos no Governo Aécio Neves, por mais de 10 anos como o MP de seu corpo encontrado, 6 meses atrás, legal voos feitos pelo atual Governador, Fernando Pimentel suportado no mesmo decreto que agora é desprezado.

Todos os voos em questão está previsto no Decreto 44.028 que segue para o chefe do Executivo, o estado, as mesmas normas previstas para o chefe do Executivo federal. Este é um decreto oficial de amplo conhecimento público, em vigor até hoje.

Infelizmente, não foi ainda solicitado o senador, para apresentar as razões de voos, o que poderia ter evitado a incompreensão dos fatos.

Apenas como exemplo, a proposta de ação de perguntas voos realizados pelo então governador do Estado para participar da reunião de governadores com o presidente Lula, em Brasília; a inauguração da Usina Hidrelétrica de Pai de Carlos, em Poços de Caldas, e de discursos em eventos oficiais organizados por instituições importantes.

Seria mais adequado e produtivo, se o MP tinha algumas preocupações sobre o decreto que regulamenta o uso da aeronave para oficial, se manifesta quando a sua edição, sugerindo, incluindo quaisquer alterações, e não 14 anos mais tarde.

Será comprovada a licitude e a correcção de todos os voos realizados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here